Comissão de Educação prepara vistoria em creches do município

Comissão de Educação prepara vistoria em creches do município Fábio Marçal

No início da semana das crianças, a Câmara Municipal de Montes Claros, discutiu pautas importantes que devem beneficiar a população da maior cidade do Norte de Minas. Dentre elas, está uma medida da Comissão de Educação que pretende vistoriar as creches e escolas do município, já a partir da próxima segunda-feira (16).

O presidente da comissão, o vereador José Marcos Martins de Freitas (PSD), destaca que o objetivo é oferecer uma maior segurança aos alunos, funcionários e os próprios pais dos estudantes que ficam preocupados ao deixarem as crianças nas instituições.

“Essa semana comemora-se a Semana da Criança e precisamos questionar qual a segurança que elas estão tendo. A tragédia em Janaúba levantou o assunto e mostrou a importância da prevenção. Pensando nisso, vistoriaremos os Cemeis e escolas do município para averiguar qual a real situação, porque precisamos saber se há, por exemplo, extintor de incêndio, se este extintor está funcionando e outros detalhes”, completa.

O vereador destaca ainda que para não dar tempo a escola de se preparar para receber a vistoria e não mostrar a realidade que vive, os vereadores farão um sorteio minutos antes da incursão até a unidade de ensino, fazendo com que a visita seja surpresa.

“Iniciaremos às 8h e apenas alguns minutos antes sortearemos qual será a primeira escola, já quando estiver finalizando a primeira, sortearemos a segunda. Optamos por isso para não ter problemas em dizerem que vamos visitar apenas escola A ou B e também para que elas não tenham tempo de se preparem e mudar a realidade que vivem”, explica.

A vereadora, Delcineia Santos Silva (PSDC), suplente da comissão, ressalta que o objetivo é que todas as escolas do município sejam vistoriadas em cada detalhe e que em seguida, caso alguma irregularidade seja encontrada, o Município seja acionado.

“As vistorias serão para olhar qual é a segurança que as nossas crianças estão tendo. Inicialmente a prioridade serão os cemeis, mas queremos chegar a todas as escolas. Nós nos colocamos a disposição para ajudar o Município caso tenha algo que seja preciso se adequar, mas se vistoriarmos alguma unidade que não esteja adequada conforme a lei, exigiremos do município que a adapte, que ofereça essa segurança que é o mínimo e já é proposta pelo estatuto da criança”, conta.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Montes Claros