Problemas na Esurb direcionam audiência pública na Câmara

A Situação Financeira, Estrutura da Esurb e dos funcionários da empresa são assuntos da pauta da Audiência pública, a ser realizada pela Câmara Municipal de Montes Claros, nesta quinta-feira (08), às 8h. 
Proposta pelo Vereador Edmilson Magalhães (PSDB), o debate visa esclarecer a falta de pagamento e de recolhimento de fundos dos servidores, além de outros irregularidades.

“A precária situação da instituição nos obriga a levar a público os problemas para buscar soluções, tanto para a empresa quanto para os 280 profissionais que vivem dias de intenso descaso. A atual situação financeira está péssima. É aquela história: estão vendendo o almoço pra pagar pagar o jantar. Por causa disso, não podemos ficar de braços cruzados”, encerra o Parlamentar.

Foram convidados: Humberto Souto _ Prefeito Municipal; Candice Diniz Pinto - Procuradora da Esurb; Sérgio Pires Antunes - Presidente da Esurb; Guilherme Augusto Guimarães - Secretário de Infraestrutura; Ronaldo Ramon F. Brito - Diretor Financeiro da Esurb; Paulo Ferreira Oliveira - Presidente da Associação Funcionários da Esurb; Flávio Célio Oliva Pereira - Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais; e Paulo Vinícius Cabreira - Promotor de Justiça.

A Esurb é empresa pública jurídica, patrimônio próprio e autonomia administrativa, vinculada à Prefeitura Municipal de Montes Claros. Foi fundada em 09 de agosto de 1985, por meio da Lei da nº 1.521, de 20/12/1985.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Montes Claros