Câmara cobra melhorias em estradas vicinais e falta da coleta de lixo nos distritos

Daniel Moraes/ Prefeitura de Montes Claros Daniel Moraes/ Prefeitura de Montes Claros

 

A situação das estradas rurais danificadas com as chuvas e a falta de coleta de lixo nos distritos de Montes Claros foram assuntos denunciados na Reunião Ordinária desta terça-feira (30). Historicamente, algumas regiões demandam atenção no período chuvoso.

O vereador Ildeu Maia (PP) levantou a questão de que esse problema pode inviabilizar o transporte escolar e de algumas linhas de ônibus que trafegam pelas comunidades de Vila Nova, Vale dos Ipês, Nova Esperança, Santa Rosa, Miralta, São Pedro das Garças, Aparecida do Mundo Novo, Campo do Engenho, Morro Vermelho, Claraval e São João das Veredas.

A vinda das chuvas, sem dúvidas, está mudando a realidade da região, mas vem as consequências, tanto na área rural como urbana. As estradas rurais são uma preocupação. Sugiro ao secretário da agricultura colocar uma equipe para socorrer as ruas interditadas, como nas estradas. Eu preciso olhar principalmente as estradas de transporte escolar, as que dão acesso aos distritos. A situação exige uma patrulha urgente”, diz Ildeu.

 

Osmani Barbosa, secretário municipal de agricultura, diz que existe um plano de melhoria das estradas, e que algumas comunidades como Vila Nova de Minas e Santa Rosa já tinham sido reparadas neste ano. “Estamos com máquinas em Ermidinha, em Mato Seco e outras comunidades rurais. Temos que terminar de atender os outros locais para depois reconstruir o que foi danificado com as chuvas na região. É preciso esperar o tempo chuvoso”, comenta o secretário.

Além dos problemas relacionados aos danos nas estradas, a questão da coleta de lixo foi abordada.
“O prefeito reunião com os presidentes dos distritos, anunciou a coleta já tem quase dois meses, e ainda não iniciou. Permanece o problema, em que a população não sabe onde descartar, jogam nas margens dos rios, e em beiras de estradas. O que pode até contaminar a água”, indaga o parlamentar.
Recentemente, a prefeitura anunciou a construção de lixeiras comunitárias, chamadas de ecopontos. O secretário municipal de serviços Urbanos, Vinícius Versiane de Paula, diz que já foi dado início as medidas para a consolidação dos serviços.
“Estamos em processo de licitação aquisição de caminhão para transportar o lixo, visto que tem que ser um veículo novo por ser estradas de terra. Já a construção das lixeiras está em andamento. A previsão é que a coleta inicie em janeiro”, afirma Vinícius.

Comunidades beneficiadas
De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE/2010), 5% da população do município de Montes Claros reside na zona rural, o que corresponde a mais de 20 mil pessoas. Deste total, 12 mil pessoas moram nos distritos citados na reunião. As melhorias cobradas no plenário vão beneficiar as comunidades de Aparecida do Mundo Novo (1.002), Miralta (814), Nova Esperança (3474), Panorâmica (196), Santa Rosa de Lima (2.568), São João da Vereda (1.402), São Pedro das Garças (1.037) e Vila Nova de Minas (1424).

Assessoria de Comunicação da Câmara de Montes Claros