Vereador cobra agilidade da Copasa nas obras de Montes Claros

O Vereador Edmilson Magalhães (PSDB), usou a tribuna para cobrar da Copasa mais celeridade nas ligações de água e esgoto de residências. Segundo o parlamentar, diversas cobranças chegaram à Câmara, denunciando demora de até 90 dias para a Estatal fazer atender as solicitações de moradores de diferentes bairros da cidade.

“Algumas pessoas relataram que após esperar meses, precisaram se mudar para as residências mesmo sem acesso ao básico, que é à água encanada e o esgoto. A população tem questionado também que precisa ficar por horas esperando atendimento na Copasa, muitas vezes precisa retornar para tentar solucionar alguma questão, e novamente precisam enfrentar fila. Vamos dar entrada com um Projeto de Lei que determine um limite de tempo máximo para essa espera, como é feito nas agências bancárias. Outro problema comum na cidade tem sido a demora da Copasa na recomposição asfáltica daqueles pontos cortados pela empresa para obras na rede”, relatou o vereador.

O que diz a Copasa

Em respostas as denúncias apresentadas, a Copasa informou que, em 2018, foram contratadas outras empresas para a execução dos serviços prestados, incluindo as interligações das novas ligações de água e esgoto na cidade de Montes Claros. E que, “a  Companhia, por meio da empresa contratada, implementou uma programação para possibilitar a execução de todos os serviços, em caráter emergencial, com o objetivo de colocar todos os pedidos de ligações e as recomposições asfálticas em dia, com a maior brevidade e qualidade no atendimento”.

Quanto ao atendimento, a Copasa disse que “disponibiliza múltiplos meios de acesso para solicitação dos serviços tais como: a Central de Atendimento no telefone 115, a Agência Virtual na sua página institucional na internet http://www.copasa.com.br/wps/portal/internet/agencia-virtual e o aplicativo Copasa Digital (gratuitos e ininterruptos), bem como o atendimento presencial no endereço rua Dr. Santos, 14, Centro”.