Propostas do Legislativo são aprovadas em ordinária

Na reunião ordinária de hoje (07/12) da Câmara Municipal de Montes Claros, os vereadores aprovaram todas as propostas da Ordem do Dia. Todos os projetos são de autoria do Legislativo montes-clarense.

Através de iniciativa do Vereador Dr. Marlon (PTC), fica concedido Placa de Prata Alferes José Lipes de Carvalho ao delegado da Polícia Civil, Raimundo Nonato, que presta relevantes serviços para Montes Claros e também para todos os municípios do Norte de Minas, no combate ao crime organizado.

Também foi aprovado o projeto que concede Título Declaratório de Utilidade Pública Municipal à Associação Comunitária de Moradores do bairro São Judas. A instituição visa desenvolver projetos de assistência social no combate a fome e a pobreza na proteção da saúde da família, e também reivindicar junto ao Poder Público soluções para os problemas da comunidade. O projeto é de autoria do Parlamentar Oliveira Lega (PPS) – o Título é destinado às instituições que prestam relevantes serviços para o município e tem como intuito, possibilitar essas entidades a pleitear financiamento público para suas atividades filantrópicas.

VOTAÇÃO EM BLOCO

Foram aprovados em bloco quatro projetos que denominam ruas de Montes Claros – de autoria do Vereador Wilton Dias (PHS) o n°96/2017 nomeia a rua conhecida popularmente como ‘Acesso à Conserva’, como rua Antônio Lúcio Rodrigues da Silva, no bairro Santo Amaro. No mesmo bairro,  a proposta n°97/2017, denomina rua Um como Carlos Alberto Moura.

De iniciativa do Parlamentar Ildeu Maia (PP), através da matéria (n°98/2017), fica denominado a via Serra dos Ypês, antiga rua A, na Chácara Paraíso.

Também de autoria de Ildeu, as vias da Comunidade rural de Lagoinha ganharam nomes. Ao todo são 14 ruas e os novos nomes tiveram apoio de todos os moradores da localidade.


Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Montes Claros