Legislativo e Executivo fazem reunião gerencial de avaliação de trabalho

Legislativo e Executivo fazem reunião gerencial de avaliação de trabalho ASCOM Câmara Montes Claros

Os Vereadores da Câmara Municipal de Montes Claros se reuniram, nesta segunda-feira (04), com o Prefeito Humberto Souto, assessores e secretários para discutir as ações desenvolvidas nesse primeiro ano de mandato, avaliar o trabalho realizado e planejar, de maneira efetiva, os projetos nessa reta final e algumas medidas para 2018, apresentando, inclusive, as Emendas Impositivas, que  entrarão no orçamento municipal.

“A reunião gerencial e avaliativa entre os dois poderes é uma novidade, que visa alinhar projetos e medidas. Avaliamos e apresentamos ao Executivo as demandas da comunidade. A Câmara é a caixa de ressonância do povo. Somos cobrados o tempo todo. Além de cobrar, propomos soluções. Queremos promover o diálogo, queremos um novo modelo de relacionamento entre o Executivo e Legislativo. Uma nova forma de fazer política. O momento é oportuno, pois é a transição que traz proximidade, a população nos cobra e queremos que no próximo ano possamos dar mais repostas as pessoas”, afirma Cláudio Prates, presidente da Câmara de Montes Claros.

C
láudio Prates (PTB), Sóter Magno (PP), Júnior Martins (PPS), Marcos Nem (PSD), Graça da Casa do Motor (PHS), ldeu Mai (PP), Wilton Dias (PHS), Ailton do Vilage (PHS), Valdecy Contador (PMN), Pastor Elair (PMDB), Edmilson Magalhães (PSDB), Rodrigo Cadeirante (REDE), Dr. Valdivino (PMDB), Leão (PSDC), Maria Helena Laopes (PPL), Oliveira Lêga (PPS), Daniel Dias (PCdoB), Aldair Fagundes (PT) e Neia do Criança Feliz (PSDC) agradeceram, cobraram a aprovação dos requerimentos, questionaram sobre iluminação pública, limpeza urbana, semáforos, saúde, transporte, trânsito, placas indicativas, leis punitivas para quem suja a cidade, comunicação, plano de carreira, água, rede elétrica e várias outras pautas que, elencadas pelos parlamentares, precisam avançar e serem solucionadas.

“Importante salientar a independência dos poderes. Hoje a Câmara Municipal tem outra imagem, precisamos dar exemplo do bem servir. Somos vereadores propositivos. Queremos que as nossas reivindicações sejam atendidas para que possamos ter uma cidade mais bonita”, disse Aldair Fagundes.

Ailton do Vilage entregou os requerimentos apresentados por ele durante o ano que não foram atendidos.

“Poucos foram atendidos. Eu represento a população. O que povo pedir que vou cobrar”, afirmou.

“Somos cobrados. Ajude-nos a atender a comunidade. A prefeitura nos atendendo, as cobranças reduzem”, desabafou.

“Elenco três itens prioritários: iluminação pública, limpeza urbana e trânsito. Precisamos priorizar, pois é grande a quantidade de reclamações sobre esses três assuntos. Precisamos também melhorar a legislação sobre limpeza urbana. Temos que punir com mais rigor quem suja”, é o que anunciou Daniel Dias.

O prefeito

Segundo o prefeito Humberto Souto, é necessário que se valorize o vereador, que é o representante legítimo do povo. Ele esclareceu as dúvidas, apontou soluções já realizadas pela administração, cobrou ações propositivas dos secretários, explicou que nem sempre dá para atender a todos os requerimentos. Mas que é dever do Vereador fazer a sua solicitação.

“Queremos caminhar no coletivo, mudar a cara de Montes Claros, da Câmara e da prefeitura. O brasileiro deve entender o importante papel do legislativo. A cidade estava suja, já retiramos de 2,2 mil caminhões de entulhos, trocamos 3 das 4 mil lâmpadas que estavam quebradas. Estamos já apresentando a que viemos, vamos governar com honestidade, para o bem do povo em todos os setores”, garantiu Humberto.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Montes Claros