Câmara visita bairro abandonado em Montes Claros

Câmara visita bairro abandonado em Montes Claros ASCOM Câmara Montes Claros

O Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Montes Claros, Cláudio Prates (PTB), visitou na tarde desta quarta-feira (1º) o bairro Santa Lúcia II, atendendo a um pedido dos moradores que reclamam de algo básico, limpeza e pavimentação asfáltica, que ao contrário do que muitos pensam, vai além do conforto e é uma questão de qualidade de vida e desenvolvimento do espaço urbano.

Tiago Costa Navarro é morador do bairro há cerca de 13 anos e conta que as duas filhas de 2 e 7 anos vivem tomando remédios devido a poeira do local em que moram. Além disso, denuncia que o bairro vem perdendo melhorias em consequência da má condição das ruas.

“Minhas meninas sempre precisam tomar remédio, nós precisamos enfrentar poeira em dias secos e lama em períodos chuvosos. Para piorar aqui já teve linha de ônibus, mas os lotações não passam mais aqui nas ruas em virtude das péssimas condições das ruas. Não dá para entender o por que até hoje não asfaltaram aqui. O bairro tem muitas casas e empresas que enfrentam dificuldades. É uma questão miníma de estrutura que deveria ser oferecida”, reclama o morador.

Ana Maria Batista também é moradora do bairro e há 16 anos espera ansiosamente pelo asfalto e precisa lidar com chacotas de quem joga lixo na rua.

“Se o asfalto chegar aqui só teremos alegria. Antes as pessoas jogavam lixo em todo o canto, mais do que hoje e quando reclamávamos com os carroceiros eles diziam que tinham que jogar mesmo porque morávamos no meio do lixo, ou seja, não temos uma rua digna e ainda precisamos lidar com a humilhação sendo que nós pagamos os nossos impostos corretamente e o que queremos é retorno”, relata.

De acordo com os moradores, sempre que questionam para o município sobre a pavimentação das ruas a resposta é que ainda precisam fazer drenagem no local.

“Toda vez falam que é a drenagem e nós cobramos para que ela seja feita, mas nunca fizeram, estamos esperando há anos”, diz Tiago Navarro.

A situação do bairro é tão complicada que os próprios moradores procuraram solucionar por curto período.

“O meu marido conseguiu um pouco de fresa e eles foram colocando, tem morador que já gastou muito, mas não resolve totalmente, alivia, mas se chover perdemos”, relata Ana Maria.

Além da falta de asfaltamento o vereador Cláudio Prates viu de perto o muro da Escola Estadual Levi Durães Peres que caiu no ano de 2015. O surpreendente é que portas velhas foram colocadas e os moradores relatam insegurança.

“O muro está completamente torto e mole, com uma chuva cairá. Desde quando colocaram as portas sempre vemos gente entrando e saindo e até mesmo levando cavalo para dentro da escola”, disse Tiago.

Após visitar algumas ruas o Presidente da Câmara foi ainda até o outro lado do bairro, próximo ao Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, nos fundos de uma empresa, onde um lixão toma conta da paisagem e carroceiros colocam fogo nos lixos.

“Nós precisamos resolver o problema, este é o nosso dever. É necessária uma limpeza e o asfalto. Sobre a escola procurarei a direção para conversar sobre o assunto e uma reunião também será marcada com os moradores e os secretários responsáveis por limpeza e planejamento urbano da cidade para que o problema seja resolvido e traga tranquilidade aos moradores”, disse o Presidente.

Fiscaliza Moc

Cláudio lembra que já há em pleno funcionamento na Câmara Municipal de Montes Claros a ouvidoria onde a comunidade pode relatar demandas de localidade.  Em breve,  será implantado o "Fiscaliza Moc", projeto inovador que vai in loco averiguar as demandas da população e coletar dados para solucionar os problemas.

"Nosso objetivo é aproximar a Câmara do povo. Queremos ser á ponte entre Montes Claros e o Executivo para que tenhamos uma cidade melhor para se viver", finaliza o presidente.

Confira todas as fotos na fanpage da Câmara.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Montes Claros